Skip to main content

Softplan marcou presença na segunda edição do Inova Ribeirão, evento que coloca em contato demandantes e ofertantes de serviços tecnológicos; e que é realizado pela Secretaria Municipal de Inovação e Desenvolvimento de Ribeirão Preto. Os especialistas Alexandre Pereira e Dayvson Carvalho representaram a empresa como palestrantes dos painéis “Smart cities e ao caminho para a Transformação Digital no governo” e “A inteligência artificial e a revolução dos serviços”, respectivamente. O evento aconteceu nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no formato híbrido.

Especialistas da Softplan falam sobre processos digitais e inteligência artificial

As palestras com a participação da Softplan foram realizadas no primeiro dia da programação. Em sua fala, Alexandre Pereira, Gerente de Novos Negócios da Softplan, apresentou o conceito de smart cities associado ao papel dos processos digitais na constituição dos governos digitais dessas cidades. Evidenciando clientes da Softplan que figuram recorrentemente em rankings de smart cities brasileiras, Alexandre citou projetos de transformação digital como o da própria cidade de Ribeirão Preto, que utiliza o Solar BPM – tecnologia da Softplan – para automatizar seus processos, eliminar o uso de papel e oferecer serviços digitais ao cidadão.

“Estamos vivendo novos comportamentos. A gente precisa sair do governo analógico, tirar as pessoas da fila, tirar as pessoas do atendimento presencial, implantar eletrônicos de verdade, que nascem e tramitam digitalmente, automatizar esses processos. E, no final de tudo isso, ter dados disponíveis para aplicar inteligência artificial e análise preditiva.” Alexandre Pereira, Gerente de Novos Negócios da Softplan.

O painel “Smart cities e o caminho para a Transformação Digital no governo”, do qual Alexandre foi palestrante, contou com a mediação de Duarte Nogueira, prefeito de Ribeirão Preto, que falou também da importância de um evento como o Inova Ribeirão. “A virtude desse encontro é trazer o conhecimento de empreendedores, empresas e patrocinadores para troca de experiências e conhecimento adquirido, permitindo que todos desfrutem dos ganhos das inovações e empreendedorismo” disse Duarte Nogueira.

Paralelamente, aconteceu a palestra “A inteligência artificial e a revolução dos serviços”, com a participação do Gerente de Operações da Softplan, Dayvson Carvalho, que apresentou o trabalho realizado pela equipe do Sienge – tecnologia da Softplan – para aliar a inteligência artificial na oferta de um serviço que solucione as necessidades dos microconstrutores.

“Eu quero trazer para vocês um processo de ponta a ponta da aplicação da inteligência artificial. Desde o primeiro passo de conhecer o cliente, de saber qual é a pergunta-chave que vai permitir que você decida onde vai aplicar a inteligência artificial, para, no final, mostrar como o Sienge, premiado pela IBM, em São Francisco, utiliza a inteligência artificial para ajudar milhares de microconstrutores no Brasil.” Dayvson Carvalho, Gerente de Operações da Softplan.

No canal do Inova Ribeirão no YouTube, é possível assistir a gravação das palestras com participação dos especialistas da Softplan e ao restante da programação:

Sobre o Inova Ribeirão

O Inova Ribeirão dá visibilidade ao Ecossistema Regional de Inovação e Empreendedorismo e fortalece a articulação público-privada, atraindo novos negócios para a região. A cidade é propícia para eventos dessa finalidade. Segundo o portal oficial da prefeitura, atualmente existem 230 startups na região metropolitana, sendo que 181 delas estão concentradas na cidade de Ribeirão Preto. Entre as áreas dessas iniciativas, destacam-se os setores de tecnologia da informação, biotecnologia e saúde.

Em sua notícia sobre o Inova Ribeirão, o portal oficial da prefeitura também destaca a classificação de Ribeirão Preto como uma das 25 melhores cidades para começar um negócio (Endeavor 2021) e uma das 20 melhores Incubadoras de Empresas do Mundo (UBI Global 2019). As próprias ações da prefeitura se alinham aos conceitos de inovação e colocam o munícipio entre as 25 cidades mais inteligentes do Brasil, em um ranqueamento realizado pelo Connected Smart Cities 2019.

Entre essas ações, está o programa Prefeitura Sem Papel, citado por Alexandre Pereira e pelo prefeito Duarte Nogueira. Além de implantar processos digitais, a iniciativa já trouxe resultados expressivos como a economia de R$ 1,7 milhões (em gastos com papel, impressão, capa, transporte e armazenagem) e de 18 mil horas de trabalho de um servidor, que, antes, seriam gastas no protocolo, montagem e transporte de processos físicos. A história completa dessa transformação digital pode ser conferida no blogpost sobre como Ribeirão Preto adotou os processos digitais com apoio do Solar BPM.

*Fotos: Fernando Gonzaga.