Skip to main content

O Mapa Brasil Transparente publicou o resultado da 2ª Edição da Escala Brasil Transparente, referente a 2020. A iniciativa é da Controladoria-Geral da União (CGU) e tem como objetivo avaliar o grau de transparência dos municípios e estados. A partir disso, forma-se um ranking com os governos mais transparentes do Brasil. Entre as posições de destaque deste ano, estão alguns clientes Softplan, que utilizam soluções digitais para auxiliar a gestão pública.   

Metodologia utilizada no ranking

A CGU utilizou o método Escala Brasil Transparente (EBT) para elaborar o ranking nas edições anteriores. Neste ano, a metodologia foi reformulada. A nova versão é chamada EBT – Avaliação 360º. Agora, avalia-se a transparência ativa além da transparência passiva. Com isso, o Mapa passou a considerar a publicação de dados na internet. A avaliação utiliza peso de 50% para ambas transparências no momento da pontuação. Ao final da análise, atribui-se uma nota de 010 de acordo com as respostas fornecidas.

No caso da transparência passiva, analisa-se fatores relacionados a solicitações de informação que chegam até o município ou estado. Consideram-se, por exemplo, itens como a existência de ferramentas eletrônicas para realização dos pedidos. Nesse sentido, o cumprimento do prazo legal para respostas passa a ser outro fator relevante.

Já a transparência ativa avalia se o órgão é proativo na publicação de informações na internet. A CGU verifica, por exemplo, a existência de um site oficial e portal da transparência. A disponibilização de dados sobre receitas, despesas e licitações é um dos pontos observados portanto. O acesso ao acompanhamento de obras disponibilizado ao cidadão também é relevante para a análise. 

Neste ano, os resultados foram divulgados em 15 de março. O período de pesquisa considerado para esta edição foi de primeiro de abril de 2020 a 31 de dezembro de 2020. Todos os estados e o Distrito Federal passaram pela avaliação. Além deles, também participaram os 665 municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes, correspondendo, assim, a 70% da população.

Clientes Softplan estão entre as primeiras posições no ranking 

Os resultados mostram que a escolha de softwares especializados na gestão pública pode ser determinante no posicionamento no ranking. A Prefeitura de João Pessoa e a Prefeitura de Campo Grande são exemplos disso. Ambas obtiveram nota máxima na avaliação de transparência compartilham a 1ª posição. As duas prefeituras utilizam o software SAFF para gerenciamento de projetos cofinanciados junto a bancos internacionais. Outro cliente do sistema  foi a Prefeitura de Fortaleza, décima quinta colocada da lista. 

A 9ª posição do ranking ficou com a Prefeitura de Criciúma, novo cliente da Softplan. Recentemente, a Prefeitura adquiriu o software Obras.gov, voltado para a gestão de contratos de obras públicas. Com os recursos do sistema, ela pode dar mais visibilidade e transparência à gestão e à execução de contratos de obras.

Confira o ranking completo abaixo!

Municípios mais transparentes segundo o Mapa Brasil Transparente (CGU)

Em destaque amarelo, clientes Softplan.

blank

Transparência na gestão de projetos cofinanciados 

O SAFF é uma solução especialmente desenvolvida para gestão de projetos com financiamento de instituições financeiras internacionais. Sua tecnologia traz eficiência e segurança. O uso da ferramenta possibilita garantir o recebimento de desembolsos de acordo com o cronograma de execução. Além disso, o SAFF aumenta a precisão e a transparência do controle de todas as etapas do projeto. 

Conheça outras histórias de sucesso! 

Saiba mais sobre o SAFF e fale com um especialista!  

Tecnologia que promove transparência na gestão de contratos e obras públicas 

Por sua vez, o Obras.gov traz uma gestão inteligente e integrada dos contratos de obras públicas. Ele permite fazer medições, controlar a execução do projeto, acompanhar os cronogramas e gerar relatórios. Com isso, é possível monitorar as atividades referentes ao contrato, desde o orçamento até a entrega.

Além disso, o Obras.gov ajuda a dar mais transparência às obras em execução. Através do recurso mapa interativo de obras, o cidadão pode acompanhar o andamento dos projetos e contratos sob responsabilidade do órgão. O recurso fica à disposição para acesso online. Nele, são divulgados e atualizados, por exemplo, o prazo de entrega, recursos investidos e fotos.  

Conheça mais um projeto referência no quesito transparência! 

Conheça o Obras.gov, fale com um especialista Softplan!